Problemas Técnicos mais comuns em Drones – O Guia Definitivo

Como evitar ter problemas e ter que mandar seu Drone pro conserto ?

Nós da Futuriste somos uma das primeiras Assistências Técnicas de Drones do Brasil. Com a grande demanda pelo nosso serviço, identificamos um padrão comum na maioria dos Drones que são enviados para nós: Mau uso do equipamento. Perda de controle, interferência no compass, calibração ou vôos em locais inadequados.

A primeira recomendação é: embora a regulamentação atual não exija nenhum tipo de certificação para pilotagem de Drones, é essencial que o piloto procure algum tipo de orientação profissional para minimizar os possíveis erros por mau uso do equipamento. Além disso, principalmente em casos de uso profissional, é recomendável fazer um Treinamento qualificado.

Após a compra do equipamento, procure fazer a configuração, calibração e atualização de Firmware de imediato. Procure a orientação de um especialista na loja onde adquiriu o equipamento, se for o caso. Pode parecer besteira, mas você ficaria surpreso como a simples configuração correta do seu Drone pode prevenir o acontecimento de inúmeros acidentes.

Antes de Voar

Algumas considerações antes de decolar com sua aeronave:

Certifique-se de retirar o protetor do Gimbal antes de ligar o Drone.

Confira seus cabos e baterias de dispositivo (celular ou tablet) para evitar perder a conexão com a aeronave.

Aguarde seu Drone fixar o GPS (GPS Lock) antes de voar. O Drone normalmente leva entre 15 a 30 segundos para captar os satélites necessários e isto garantirá maior segurança para o Vôo e um possível RTH (Return to Home).

Seja cuidadoso com os limites de bateria do seu Drone.

Gimbal: O grande vilão ?

Como arrumar o Gimbal do Drone

O problema mais recorrente aqui na nossa Assistência Técnica é o Gimbal/Cabo Flat. Podemos dizer que esse é um dos componentes mais frágeis e delicados do Drone e o mais propício a quebra no caso de colisões. Nesse caso não recomendamos tentar a solução ou troca da peça em casa. A possibilidade de erro no procedimento é real e pode acabar afetando seu Drone e acarretando em outros problemas que exigiriam a atenção de um especialista.

Algumas dicas úteis para a preservação do Gimbal:

  • Ao pousar o Drone, procure deixar o Gimbal levantado para evitar que irregularidades no terreno risque ou quebre a lente da sua câmera
  • Muitos problemas simples podem ser resolvidos pela própria calibração automática do aplicativo
  • Evite fazer movimentos bruscos com o Drone desligado para não desgastar seu Cabo Flat

Por outro lado, existem problemas cuja solução é simples e pode ser realizada de forma caseira. Gravamos um vídeo onde é possível visualizar uma total desorientação do Gimbal fora do seu eixo. Confira:

É provável que você já tenha passado por isso alguma vez. Isso é algo bem comum de acontecer inclusive em Drones direto de fábrica. O que, em um primeiro momento, pode parecer um problema técnico de difícil resolução na verdade pode ser solucionado em casa facilmente ! Nesse caso, basta apertar os parafusos que seguram o Gimbal para solucionar o problema.

Outra dica é: Caso você não possua experiência, principalmente em pilotagem manual, evite pilotar o Drone em modos mais difíceis como o Sport. Para manter o bom estado do Drone, aconselhamos que procure um profissional para instruí-lo e acompanhar seus primeiros vôos em modos alternativos.

Onde você não deve pilotar seu Drone ?

Um cuidado especial que você deve ter para não causar danos ao seu Drone é o local onde vai realizar o vôo. É necessário analisar se o perímetro possui algum campo eletromagnético que possa desregular o Compass e deixar o Drone desorientado. Torres de alta tensão e antenas de transmissão são estruturas que podem ser altamente nocivas para o Drone.

Quando o Drone apresentar forte incidência de magnetismo, procure mudar a posição da aeronave. Insistindo no vôo sob essas condições você perderá o controle da aeronave.

Evite voar em condições climáticas ruins. Umidade, chuva, ventos fortes, raios, tudo isso pode afetar e danificar o Drone.

Considerações FinaisTeste em DJI Mavic Pro

  • Tome os cuidados recomendados nesse artigo para evitar colisões. Afinal, na maioria das peças danificadas no Drone, o reparo só é possível realizando a troca.
  • Na dúvida, procure um especialista. Tentar realizar reparos no equipamento sem o devido preparo pode ser prejudicial para a vida útil do Drone
  • Faça um Curso de Pilotagem. Principalmente se pretende fazer uso profissional do equipamento. O Drone é um veículo aéreo e a capacitação só te ajudará, nunca prejudicará
  • Estude e planeje seus vôos antes da execução
  • Faça a calibração dos sensores (IMU) com frequência
  • Faça a Configuração correta. Na primeira vez, procure o estabelecimento que vendeu o equipamento para prestar esse auxílio. Faça a revisão do Drone periodicamente (aconselhável após 30 horas de vôo)

A Assistência Técnica Futuriste

Assistência Técnica de Drones

A Futuriste é uma das primeiras e únicas empresas a oferecer o serviço de Assistência Técnica de Drones no Brasil. A Demanda por nosso serviço só cresce, houve ocasiões que tivemos fila de espera de Drones para arrumar.

Somos especializados em DJI e já consertamos mais de 100 Drones. Está com algum problema em DJI Phantom, Mavic, Inspire ou Spark? Mande para a gente que fazemos um diagnóstico em até 48h! Possui outro modelo de Drone? Entre em contato para analisarmos o que podemos fazer.

Aproveitando essa bagagem e know-how, lançamos o Curso de Manutenção em Drone DJI Phantom, para profissionais de Drones que desejam a independência na hora de consertar seu Drone ou técnicos que queiram explorar esse novo mercado promissor.

Compartilhe este conteúdo

2 comentários em “Problemas Técnicos mais comuns em Drones – O Guia Definitivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *