Piloto Profissional de Drones – Como se diferenciar no mercado

Dicas para ser um piloto profissional de drones e afastar-se dos amadores

Depois de ouvirmos muitos alunos da Futuriste comentarem sobre a concorrência desleal com pilotos de drones amadores, resolvemos criar este guia rápido para você conseguir se diferenciar como piloto profissional de drones, ganhar credibilidade e conquistar clientes que buscam profissionalismo e que podem e estão dispostos a pagar um preço justo por isto.

Piloto Profissional de Drones

Atualmente uma diária de trabalho profissional de foto e filmagem convencional com drones, em média varia de R$ 800,00 a R$ 5.000,00, dependendo do tipo de trabalho, local e equipamentos utilizados.

Sempre ouvimos relatos de pilotos amadores cobrando valores muito abaixo desta faixa e que na maioria das vezes não pagaria nem os custos para uma operação correta, levando em consideração: deslocamento, seguro obrigatório, riscos ao equipamento, capacitação, etc.

Separamos 5 maneiras de aproximar-se de clientes que prezam por um serviço profissional e dentro das regras de operação que um piloto profissional de drones apresentará.

1 – Apresentação de um piloto profissional de drones

Você certamente já ouviu aquela velha expressão “A primeira impressão é a que fica”.

Pois é, quando um cliente está procurando um prestador de serviços, seja ele qualquer, certamente vai reparar em algumas indicações básicas de capricho, qualidade e organização que definirão uma primeira impressão de qualidade e credibilidade sobre o seu serviço.

Investir em um logo bonito e dependendo do seu objetivo, que seja mais sério, não é preciosismo.

Organização de um piloto profissional de drones

Possuir um site organizado e que apresente todas as informações de como o seu serviço é realizado, bem como seu portfólio de trabalhos realizados, endereço, e-mail (de preferência com um domínio da sua empresa) e um telefone de contato são itens obrigatórios para causar um impacto positivo em clientes sérios e que estão interessados em serviços profissionais.

2 – Equipamentos e Acessórios de Operação

drones e acessórios profissionais

Quanto mais profissional for o seu equipamento, mais você transmitirá credibilidade e capacidade de execução das missões e demandas de maior complexidade, aumentando consequentemente o ticket médio dos seus serviços.

Drones atuais com câmeras de melhor capacidade e qualidade, acessórios que demonstram segurança e organização da atividade, uniforme, tudo isso faz diferença e gera valor para a conquista de maiores e melhores contratos.

3 – Propostas e Contratos

Não existe nada mais amador do que não possuir um modelo de proposta apresentando sua empresa e descrevendo minuciosamente todos os detalhes do serviço, regras, obrigações, direitos e deveres do cliente e por fim os valores e formas de pagamento.

Um pouco mais de formalismo ao enviar uma proposta certamente vai gerar credibilidade e subir o nível da tratativa com o seu possível cliente.

Depois que os detalhes comerciais forem decididos, tenha em mãos um modelo de contrato adequado para cada tipo de serviço prestado.

Desta forma, além de se proteger de eventualidades e definir as regras e limites do serviço, você mais uma vez demonstra que é um piloto de drones profissional e que sabe os riscos e consequências do seu trabalho.

4 – Seriedade com as Regras

Sempre demonstre ao seu cliente que você conhece a legislação e a segue profissionalmente.

Bons clientes têm pavor de terem seus nomes envolvidos em problemas aos quais poderiam ter sido alertados previamente, para que pudessem tomar uma decisão em relação “à” realização do trabalho ou até mesmo para optar por algo que pudesse ser alternativamente prudente.regulamentação de drones

O contratante de serviços de foto e filmagem aérea com drones é co-responsável por qualquer infração que aconteça durante o período da operação. Portanto, coloque-se no lugar do cliente, certamente você gostaria de saber todos os riscos e implicações de uma ação que você demandou.

Revise aqui os principais pontos sobre a legislação de drones brasileira.

5 – Transparência

Deixe muito bem definido onde inicia e onde acaba o seu trabalho. O cliente precisa estar ciente de horários, prazo de execução, prazo de edição, forma de entrega do material final e todos os valores relacionados para cada ação.

Faça uma previsão em contrato considerando as possibilidades que um serviço profissional com drone pode apresentar, tais como: Impossibilidade de voo devido a mau tempo, horas extras de contratação, edição e tratamento das imagens, furto ou roubo durante a operação, falta de segurança no local do serviço,drone reserva em caso de defeito no equipamento principal, baterias extras, etc.

 

Conclusão

Estude como empresas de maior porte e sucesso de qualquer setor da economia se comportam, como atendem seus clientes, o nível de seriedade que lidam com sua aparência, apresentação e documentação. Use tudo que achar pertinente ao seu negócio.

E acima de tudo, trate seu cliente sempre com transparência, objetividade e respeito.

 

Por: Leonardo F. Minucio
Diretor e Co-Founder da Futuriste

Colaboração: Equipe Futuriste

Leonardo F. Minucio - autor

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *